Respeito à vida

Para a SJC Bioenergia, a vida e o bem-estar dos colaboradores são valores inegociáveis. Por isso, por meio de criteriosos métodos de identificação, análise e controle de riscos, estimulamos continuamente a mudança comportamental dos profissionais para fortalecer a cultura de segurança. Além disso, nossa liderança é constantemente incitada a ter uma atuação responsável, com foco na preservação da saúde de suas equipes. Entre as práticas para alcançar o melhor desempenho em segurança, são destaques na empresa:



A SJC acredita em relações consolidadas na base da confiança entre colaboradores e lideranças, dessa forma, oferece orientações claras sobre a importância e a responsabilidade da cada um na companhia. No dia a dia, são utilizados regras e procedimentos como o PCS (Processo de Comportamento Seguro), que objetiva detectar antecipadamente os desvios comportamentais que colocam as pessoas em situações de riscos e propor soluções que possibilitem a prática das atividades em segurança

Por meio de ferramentas preventivas, a SJC Bioenergia realiza um gerenciamento sistematizado das atividades e tarefas que possam impactar em perdas ou danos. Exemplos são a PT – Permissão de Trabalho e a APT – Análise Pré-Tarefa, que são balizados nas normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho. São maneiras de auxiliar o reconhecimento e a identificação antecipada de perigos e riscos, permitindo a adoção de ações que garantam a realização de operações seguras. 

Para garantir a integridade dos colaboradores, foram mapeadas 10 atividades com elevado potencial de perdas e danos, bem como desenvolvidos padrões mandatórios de segurança para execução dessas ações, a fim de desenvolver a percepção aos riscos e aumentar a capacidade de antecipar e prevenir acidentes.

A SJC mantém regras de segurança que objetivam preservar a vida e coibir desvios na execução de atividades críticas. O respeito a essas regras são uma exigência para a manutenção do emprego. Elas devem ser obedecidas a todo o momento e são aplicáveis a todos: funcionários, fornecedores, visitantes e terceiros.

Programas socioambientais

Gestão de resíduos, emissões atmosféricas e efluentes

  • Cogeração de energia

    (bagaço da cana-de-açúcar)

  • Reúso de cinza
  • Compostagem
  • Fertirrigação
 

O bagaço da cana-de-açúcar é utilizado como biomassa para geração de vapor, que tem uma parte usada pela SJC na produção de açúcar e álcool. O restante é convertido em energia elétrica limpa e sustentável. Essa energia gerada também é utilizada pela empresa, para manter o funcionamento das instalações, e seu excedente é comercializado.

 

A cinza é o resíduo proveniente da queima do bagaço da cana-de-açúcar no processo de cogeração de energia elétrica e vapor. A SJC Bioenergia utiliza esse resíduo como adubo em seus canaviais, por ser um produto rico em nutrientes. Além disso, ajuda na redução da acidez do solo, o que garante benefícios para o plantio da cana-de-açúcar.

 

A compostagem é um processo de transformação da matéria orgânica, que normalmente vai para o lixo, em adubo orgânico, a fim de eliminar o descarte dos resíduos gerados nos refeitórios e cuidar do solo de suas plantações. O processo é de extrema importância para o meio ambiente, por isso é uma prática da SJC Bioenergia.

 

O procedimento é realizado por meio do reaproveitamento da vinhaça gerada no processo de fabricação do álcool e também do uso da água residuária, que é obtida após a limpeza dos equipamentos da indústria. A SJC Bioenergia utiliza essa técnica de adubação no cultivo da cana-de-açúcar por ser rica em matéria orgânica e potássio, além de reduzir a aplicação de adubos químicos e a utilização da água captada de mananciais.

Política Integrada do Sistema de Gestão

Alinhas às estratégias e aos objetivos da corporação, a SJC Bioenergia, empresa produtora de açúcar, etanol, energia elétrica e produtos para nutrição animal, assume os seguintes compromissos:

Programa SOL e 5S

O programa SOL é uma ferramenta de controle de qualidade utilizada pela SJC Bioenergia e que funciona por meio do método 5S. A iniciativa busca melhorias contínuas de utilização, organização, limpeza, padronização e disciplina nos processos.

O método 5S surgiu no Japão por volta de 1950, após a 2ª Guerra Mundial, com o intuito de eliminar a sujeira das fábricas e a desorganização que o período proporcionou ao país.

Os princípios empregados são considerados os primeiros passos para alcançar a qualidade na rotina de trabalho, por proporciona um ambiente organizado e limpo.

O programa pode ser utilizado em qualquer ramo de atividade, como fábricas, escritórios e oficinas.

Confira os conceitos de cada um dos 5S:

Programa SOL e 5S
  • 1º S

    Separar o útil do inútil, eliminando o desnecessário;

  • 2º S

    Organizar os objetos, equipamentos e materiais de maneira que possam ser acessados e utilizados imediatamente;

  • 3º S

    Limpar e investigar minuciosamente o local de trabalho em busca de rotinas que geram sujeira ou imperfeições;

  • 4º S

    Manter os 3 primeiros S’ padronizados, de forma que eles não se percam;

  • 5º S

    Possuir senso de autodisciplina, com cumprimento e comprometimento pessoal para com as etapas anteriores.

Manual de Gestão de Qualidade
 

O Manual do Sistema de Gestão da Qualidade foi elaborado para definir e interpretar a ISO 9001: 2015, bem como demonstrar a atuação da empresa em conformidade com a norma. Sua concepção também foi pensada para instigar nos profissionais uma melhora contínua e um aumento na satisfação dos clientes, no desempenho da corporação e no desenvolvimento dos colaboradores.

Dessa forma, o Manual define e descreve o Sistema da Qualidade da SJC Bioenergia, discriminando as autoridades e responsabilidades do pessoal relacionado ao sistema e pontuando os procedimentos gerais. O controle de qualidade dos produtos e processos se dá por meio de indicadores.

O processo industrial de produção de etanol e açúcar da Usina São Francisco é certificado pela ISO 9001.

O processo industrial de produção de etanol e açúcar da Usina São Francisco é certificado pela ISO 9001.

A SJC Bioenergia está no mercado agroindustrial desde 2011, atuando como produtor de açúcar VHP, etanol (anidro e hidratado), eletricidade, nutrição animal e óleo vegetal. Siga nossas redes sociais e fique por dentro do nosso trabalho.

Unidades
  • Usina São Francisco
  • Rodovia GO 206, Km 18 a Esquerda 2 Km, CP 200 - CEP: 75860-000 - Quirinópolis - GO
  • Telefones: +55 (64) 3615-9500
  • Usina Rio Dourado
  • Rodovia GO 206, S/N - Fazenda Campanha e Campo Grande - CEP: 75560-000 - Cachoeira Dourada - GO
  • Telefones: +55 (64) 3434-7000


Copyright © 2020 SJC Bioenergia - Todos os Direitos Reservados

Novo Cadastro








Login







Recuperação de senha